domingo, 24 de julho de 2011

Dragon’s Dogma

A Capcom havia prometido através de um site teaser anunciar um novo jogo para esta semana e se a revelação não agradou muito os fãs da série Breath of Fire, pelo menos serviu para confirmar a produção de um promissor título, o Dragon’s Dogma
Dragon’s Dogma (Foto: Divulgação) 
 
TRAILER:
 
Dragon’s Dogma (Foto: Divulgação)
Em desenvolvimento há três anos, atualmente cerca de 150 pessoas estão envolvidas na sua criação, contando com Hiroyuki Kobayashi na produção, mesmo responsável pelo Resident Evil 4 e Devil May Cry 4, a direção ficará a cargo de Hideaki Itsuno, profissional que trabalhou nos três últimos jogos da série Devil May Cry e que teria declarado que este é o jogo que ele quis desenvolver desde a época da escola. 
O jogo se passará em um mundo aberto onde nos juntaremos a três personagens controlados pelo computador para procurarmos por um dragão que atacou a vila de pescadores onde vivemos. Além de um mundo imenso para ser explorado, teremos acesso a uma enorme cidade onde encontraremos mais de 200 personagens com quem poderemos conversar e que viverão suas vidas respeitando a passagem de horas. A promessa é que o game dure entre 30 e 100 horas. 
 
Ao começar uma partida poderemos escolher o sexo e a aparência do nosso personagem, assim como uma das três classes, sendo uma voltada para ataques com arco e flecha, outra centrada na magia e a terceira focada nos ataques com espadas e armas de curto alcance e uma das características mais interessantes do jogo será a possibilidades de nos agarrarmos aos inimigos, permitindo, por exemplo, golpear na cabeça um monstro muito maior após o escalarmos. 
A Capcom está preocupada em fazer com que os nossos companheiros pareçam o mais reais possíveis e durante a aventura eles estarão sempre conversando com a gente e até mesmo darão dicas de como enfrentar nossos inimigos, mas também poderemos lhes dar ordens simples, como mandar que sigam até um determinado local ou nos ajudem. 
Dragon’s Dogma deverá ser lançado no início do próximo ano para o Xbox 360 e Playstation 3 e usará mesmo uma versão aperfeiçoada da MT Framework, engine que também deu vida ao Resident Evil 5 e ao Lost Planet 2.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Dúvidas, opiniões, sugestão , comente